A sina das plantas
Poema enviado por: Mauro Leal
 
A sina das plantas
(Mauro Leal)

Plantas formosas
formam jardins, bosques, passeios, praças,
parques, largos e instituições,
suas flores multiformes, sensíveis e reprodutoras,
transpassam os muros e cercas,
sombreiam, embelezam, abrigam, filtram
e alimentam as dóceis e coloridas passaradas.
Brotos ou adultas, inúmeras impotentes para reagir
os estímulos do ambiente
e são atacados contaminados
pelas pragas, fungos e lagartas,
cruelmente golpeadas, mutiladas e mortas
pelos "racionais" atrozes.
Indefesas agonizam sem gemidos
em plena luz dos dias.
 
Autor: Poeta Mauro Leal
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título A sina das plantas
Autor Poeta Mauro Leal
Categoria Amor
Cadastro 05/02/2020 16:49:31
Visitado 76 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2020 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.