Sentido algum
Poema enviado por: Dinho S.D.R
 
Foram várias viagens e diversos caminhos, muitos me levaram ao delírio e outros a dores profundas que não feriu só a carne mas também a alma. Sonhos negros e sombrio que causaram medo e arrependimentos calejaram o meu espírito dando o passaporte as trevas. As cores deram formas ao preto e ao branco, pesadelos se tornaram rotinas e o meu mundo simples desabou. Sempre achei besteira a psicológia pois não concordo que um simples ouvido pode salvar uma vida.
Conheci ela agora é confesso que no início muito admirei o seu jeito fechado e dolorido, suas palavras de morte me inspiram e seu sorriso triste me alegra, deixei ela entrar na minha vida é por um momento pensei ser minha amiga, só descobrir do jeito mais triste que ela só queria me sugar, levou meu sorriso, meus brilhos nos olhos e minha vontade de viver. Hoje olho pelo outro lado e vejo a tristeza de pessoas que diziam me amar, mas fui imprudente ao me deixar levar pela fantasia que o tal amor existia.
Palavras são só palavras quando o sentimento é mera desabafo de uma boca controlada por uma mente vazia. Só consigo sentir na minha pele o simples calafrio que tortura meus sentimentos. Como eu queria novamente sentir o calor de um abraço e toque de amor, sei que essa viagem não tem volta e que o caminho é eterno, na morte causada pelas próprias mãos não existe perdão somente o infinito de ilusão. Então eu descobri a amiga depressão que as vezes eu prefiro que ela fique mas comigo porque sozinho eu não tenho mas paz!
 
Autor: Dinho S.D.R
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Sentido algum
Autor Dinho S.D.R
Categoria Reflexão
Cadastro 07/09/2019 13:09:12
Visitado 160 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.