Meu Anjo
Poema enviado por: Lindomar Nunes da Silva
 
Meu Anjo

Oi meu Anjo, que me põe seguro
Que me detém, preso a você
Que me obriga a pensar em ti
Ficando eu impossibilitado
E incapaz de ter esquecer

Oi meu anjo, anjo de carne
Que me atrai, mas, também me trai
Que embora longe não me deixa
Fazendo parte do meu mundo impossível
É invisível, mas nunca se vai

Oi meu anjo, anjo que arde como chamas
Que define, mas, não se atreve
Penetrante como a aguda espada
Sinto o teu cheiro? O teu gosto?
Sim, neste meu sonho, chego a ver o teu rosto.
 
Autor: Lindomar Nunes da Silva
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Meu Anjo
Autor Lindomar Nunes da Silva
Categoria Amor
Cadastro 05/05/2019 21:55:14
Visitado 47 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.