Numa noite de autógrafo
Poema enviado por: Mauro Leal
 
O comandante comprou ovos pra páscoa celebrar
e determinou que o evento
fosse realizado na quadra de futebol salão,
e que os mensageiros da Relações Públicas
e do Grupo de Reação executasse a "árdua" distribuição.

Dado o pronto do término da celebração,
ecoou por parte dos "jurunas", uma hilária insatisfação,
sobre a distribuição "aculhão", "à bangu".

- Se preciso for iremos até ao Comandante Superior,
porque recebemos ovos pequenos dos Cabos,
enquanto haviam Cabos fanfarreando
por terem recebido os "zovãos dos sargentãos"
 
Autor: Poeta Mauro Leal
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Numa noite de autógrafo
Autor Poeta Mauro Leal
Categoria Desilusão
Cadastro 25/04/2019 08:54:32
Visitado 88 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.