Chama d'água
Poema enviado por: Vanice Zimerman, IWA
 
Ainda sinto
Em meus seios
Os arabescos de fogo,
Sendo desenhados,
Sem pressa,
Marcando minha pele -
A dor que queima
Insiste em encontrar
No sombrio labirinto -
A luz da cura
O desejo de voar sem asas...
A chama da vela continua acesa,
E busco em cada madrugada
Transmutá-la
Em uma chama d'água -
Lágrima de saudade,
Bálsamo
Amor que transcende a Vida...
 
Autor: Vanice Zimerman, IWA
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Chama d'água
Autor Vanice Zimerman, IWA
Categoria Saudade
Cadastro 22/04/2019 20:24:09
Visitado 102 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.