A mesma afição
Poema enviado por: valdemar rodrigues da silva
 
E o mesmo céu, o mesmo azul, a mesma aflição, ao menos que estrelado seja os caminhos donde iremos passar. A tristeza de vermos nossos sonhos se perderem em meio a aflição de rios que correm sem direção e que não nos oferece sequer uma curva a que possamos nos agarrar vai minando nossas forcas, tornando-nos a cada dia mais infelizes, até perdermos a capacidadede de ao menos chorar.
 
Autor: Autor: Valdemar Rodrigues da Silva
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título A mesma afição
Autor Autor: Valdemar Rodrigues da Silva
Categoria Reflexão
Cadastro 01/12/2018 09:18:35
Visitado 26 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2018 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.