Apatia
Poema enviado por: Ana Maria Nascimento
 
Apatia
Todos os dias parecem iguais distantes de ti
Por mais que eu tente sempre sinto a tua falta.
Falta do teu sorriso largo
Falta do teu abraço.
Do teu cheiro de jasmim.
Olhando além da minha janela
Tudo parece tão apático.
Agora chove
E com a chuva minha alma sente-se melancólica
O cheiro de terra molhada
O barulho dos pingos ao caindo no chão.
O vento entoa uma melodia, um sussurro.
Quase que harmonicamente, lagrimas caem ao pensar em ti.
Minha mente atordoada grita teu nome em silêncio
E no meu peito o coração descompassadamente
Deseja tê-la aqui.
 
Autor: Ana Maria Nascimento
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Apatia
Autor Ana Maria Nascimento
Categoria Amor
Cadastro 25/11/2018 16:37:26
Visitado 34 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2018 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.