Coração gelado
Poema enviado por: Fernando Gonçalves Negri
 
Fale-me do amor
Fale-me do amanhã
Eu só quero você
Dentro de um amor impossível
Só você pode responder
Eu subi a escada de incêndio
Com os meus pés descalços
O temporal destroça a minha escuridão
Essa cidade é um labirinto
Não sabemos o porquê, a juventude carrega a culpa e o castigo
Coração gelado
Fala-me coração
Fala-me do amanhã
Corra para a liberdade
Queime dentro do seu peito
Só você eu quero abraçar
Como se um foguete prateado deixasse sua marca
Te segurei com firmeza
Vou marcar uma cruz
A nossa crença é o nosso juramento
Mesmo que isso machuque alguém não vou te largar
Anjo gelado
Fale-me, coração
Fale-me, grito
Eu só quero você
Provavelmente não é uma ilusão
Só você pode responder
Fale-me amor
Fale-me com o seu amor
Corra atrás do amanhã
Fale-me que você não pode amar
Só você eu quero abraçar
 
Autor: Fernando G. Negri
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Coração gelado
Autor Fernando G. Negri
Categoria Amor
Cadastro 27/12/2017 03:15:37
Visitado 140 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2018 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.