EU TI AMO!
Poema enviado por: JANETTE
 
Quando você está muito longe,
Sinto uma falta de você é a saudades,
Se está perto,
Não sei o que sinto.

Amor palavra feito mel e sem limites,
As vezes pode estar até em alta,
Desnaturada meu coração às vezes cai,
Como dinheiro não, é como a bolsa de valores.

Então coração desculpe-me, quero amar,
E desejo ser assim fogosa e bem amada,
Tenho dúvidas do que sente, porém preciso certeza,
Não tenha pena, apenas estou confusa.

Quero um beijo seu ardente, já não sei o que fazer,
Será que devo prosseguir ou vou parar e deixar,
Que as flores inspirem sentimento, que o tempo tome,
Seus passos, teu sorriso, seu curso rotineiro.

Te vejo você em meu pensamento, não quero ninguém,
talvez apenas um beijo molhado e não sofrendo por mim,
Quero te ver entre paisagens lindas ou te ver sorrir,
E te ver de pertinho teus olhos e dizer "sou feliz".

As vezes sinto um passáro cativante, sou uma gaivota,
Que vago no espaço a beira mar e já me acostumei,
Queria que fosse um albatroz, me faça sua companheira,]
Mande embora a saudade e expulsa de mim a solidão.

Fico pensando coisas carinhosas e será que você seria,
Meu companheiro, amante ou capaz de tamanha tarefa?
Que não me deixe a suspirar cansativa e angustiante,

Seria explorar a cumplicidade e fazer renascer,
E planejar nosso amor e sentir a vida,
Me dar esta paz almejada e me levantar da escuridão,
E ver os raios de sol e contemplar a luz do dia.

Bem sei que podes fazer isto e tudo é possível,
Reflita com este teu olhar e basta querer,
Desbravar este suspiro e ter força de vontade,
Se soubesse que ti amo você pode ser capaz, eu sei!

Percebo que pode estar longe e a tarefa é dura,
Eu bem sei,
Gostaria que desse atenção e só depende de você
É uma questão de prioridade se pudesse saber....

Então amor aguardo uma resposta para esta coisa,
É ou não é,
Ou aguardo com meus lábios molhados o que você quer,
Fico na esperança, eu não saberia te responder.

O mundo é redondo eu vivo no quarto quadrado neste,
Instante em que podiamos compartilhar e vivermos,
Um grande amor inusitado e cheio de alegria,
E finalmente abraçarmos até o fim na eternidade.

OH paixão que me encanta, são nossos destinos,
Cumplicidade que as vezes torna cada dia mais egoistas,
Inconpreensíveis,
Mas somos dois amantes nascidos e deselegantes...

Simplesmente para dizer que ti amo...
 
Autor: JANETTE
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título EU TI AMO!
Autor JANETTE
Categoria Amor
Cadastro 08/11/2017 02:18:38
Visitado 82 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2017 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.