Gotas De Orvalhos
Poema enviado por: Antonio Carlos Ramos
 
Gotas de orvalhos
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã que surgiu

Atrás do monte o sol começa aparecer
Nesta manha estou pensando em você
Você que foi o sol da minha vida
Foi minha estrela colorida
Foi minha razão de viver

Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã que surgiu

Mas o tempo depressa passou
Um dia perdi o seu amor
Vi o meu mundo desabar
E no caminho fiquei perdido
E hoje não consigo achar uma saída
O que será da minha vida
Quando um novo amanhã chegar

Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Do sereno que na noite caiu
Gotas de orvalhos, Gotas de orvalhos.
Apareceu quando o amanhã que surgiu

O nosso mundo era repleto de alegria
Ao seu lado eu era muito feliz
Mas o tempo foi passando
Pouco a pouco o seu amor foi levando
Como as gotas de orvalhos
Da minha vida você sumiu.

tonyramos
 
Autor: tonyramos
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Gotas De Orvalhos
Autor tonyramos
Categoria Desilusão
Cadastro 01/10/2017 04:01:58
Visitado 67 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2017 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.