Amar de amante
Poema enviado por: Latin Lover FRC
 
Sei que teu corpo junto ao meu
Se faz calor em meio ao breu
A penumbra em uma cama
Que testemunha e que me ama

Não que se perca em amar
Mas que ame cada olhar
Que o silencio rompe em ruido
Amor que se faz asilo

Asilo que guarda e cuida
Meu membro em tua cuia
E em meio ao suor que brota
Busco sua pele, sua cota

Dois corpos nus a balançar
Em meio ao coito conversar
Como se nada mais tivesse
No mundo, que os detivesse

Prazer se sente, e pode ver
Seu olhos, boca e prazer
Apertado nas pernas estar
Por sentir você gozar

Teu olhar de predadora
Ainda mais encantadora
Pede, implora que lhe tenha
Mais uma vez não a detenha

Por sua saia quero adentrar
Sem seus olhos a centrar
No que está por vir
E prazer, apenas sentir
 
Autor: Latin Lover FRC
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Amar de amante
Autor Latin Lover FRC
Categoria Paixão
Cadastro 19/12/2016 18:12:34
Visitado 574 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.