CADÊ VOCÊ
Poema enviado por: EDMUNDO DE SOUZA PEREIRA
 
Cadê, cadê, cadê você,
Cadê você que foi embora
E não voltou?
Acho que você me abandonou!

Saudades
Foi tudo o que restou.
Era tanto amor,
Amor tão lindo.
Muitos Beijinhos,
Mil declarações.
Promessas de vivermos
Uma eterna paixão.
Mais qual o quê...

Cadê, cadê, cadê você,
Cadê você?
Sumiu e eu fiquei na ilusão!
Só eu vivi essa paixão.
Sumiu e eu fiquei na ilusão!
Só eu vivi essa paixão.

Cadê, cadê, cadê você,
Cadê você que foi embora
E não voltou?
Acho que você me abandonou.



Edmundo de Souza – Selma do Samba
 
Autor: Edmundo de Souza – Selma do Samba
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título CADÊ VOCÊ
Autor Edmundo de Souza – Selma do Samba
Categoria Perda
Cadastro 13/12/2016 12:03:03
Visitado 510 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.