Flor do Sertão
Poema enviado por: Alex Cardoso
 
Pequena, linda como pluma colorida,
Que segue firme a perfumar, tudo a seu dispor,
Agitada como vento, que sopra para vida,
Com lindas pétalas de cabelos, trazendo esplendor.

Que bela és, flor lá do sertão,
Que em instantes, marca sua presença,
Assegurando olhares de magia e pura sedução,
Envolvente, em seu tempo, cativa a esperança,

Não foi só desejo, que outrora reprimido,
De segura-la em minhas em minhas mãos,
Tendo seu toque sobre o meu, mesmo com perigo,
Nascendo ali, o que chamamos de paixão.

Com cuidados, Flor do Sertão, com paixão de quem ama,
Transformei o seu jardim, em meu lar, minha doce cama.
 
Autor: Alex Cardoso
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Flor do Sertão
Autor Alex Cardoso
Categoria Paixão
Cadastro 23/09/2016 06:34:49
Visitado 572 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.