NOSTALGIA
Poema enviado por: EDMUNDO DE SOUZA PEREIRA
 
Nostalgia que eu passo!
Nostalgia, quando lembro de você,
Sinto meu corpo tremendo,
É o frio me envolvendo
Pois naquele amor a chama se apagou.

Que magia teus braços!
Que magia era aquele nosso amor,
Que se perdeu pelo tempo
E se foi feito o vento
E assim passou a brisa desse amor.

Quando relembro momentos
Que juntos nós tivemos,
Sinto nos olhos lágrimas brotar.
Tantas juras que fizemos,
Tanto, tanto nos queremos
Mas o tempo fez o sentimento mudar.

Agora, sou puro lamento
E Sentindo a brisa do tempo,
Eu vou tentando de uma vez me conformar.


*Victor Lins – Edmundo de Souza
 
Autor: EDMUNDO DE SOUZA PEREIRA
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título NOSTALGIA
Autor EDMUNDO DE SOUZA PEREIRA
Categoria Perda
Cadastro 13/09/2016 17:59:21
Visitado 522 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.