Fuga
Poema enviado por: valdemar rodrigues da silva
 
O vento surra a janela
as folhas se debatem
querendo se libertar, da trinca
velha e enferrujada que por ciúmes
as mantém fechadas não deixando
a felicidade entrar.

Assim são nossas vidas
quando perdemos a coragem de viver;
ao invés de devassar passamos trincos
fugindo dos ventos,
fugindo da vida, fugindo de nós.
 
Autor: Valdemar Rodrigues da Silva
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Fuga
Autor Valdemar Rodrigues da Silva
Categoria Insegurança
Cadastro 29/01/2016 10:40:32
Visitado 667 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.