OUTRA CANÇÃO
Poema enviado por: Edmundo de Souza
 
Vivo só,

Sem ter ninguém pra mim.

Vivo sim,

Sem ter com quem dividir

O meu lar.



Vivo só!

Será que é a minha sina,

Pois aquela menina

Que escolhi,

Não me quis?



Na solidão

Das madrugadas frias,

Eu grito em agonia

A falta de um amor.



Porque razão,

Toda esta dor amargo?

Ante tanta tristeza, falo...

Dela em outra canção!
 
Autor: Edmundo de Souza
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título OUTRA CANÇÃO
Autor Edmundo de Souza
Categoria Infelicidade
Cadastro 24/04/2015 22:20:42
Visitado 632 vezes
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.