Tentando se erguer
Poema enviado por: Leão Pensador
 
Vou escavar com minhas próprias mãos

Até que em carne viva fiquem meus dedos

Mas eu vou achar meu bem maior por mais escondido que esteja

E se não estiver lá

Aproveito a vala aberta e enterro os meus pecados

Vou tentar ser um santo

Vou descobrir a fórmula dos milagres e matar o coração

Mas como eu sempre fiz tudo errado

Sofri a pena....e aprendi com os meus próprios erros na maneira mais difícil

Andei por todo tipo de vale da perdição

E hoje sofro os males das maldições acumuladas pelo tempo

Sentindo a culpa por não poder viver o que amo

Tenho esfregado todos os dias em minha cara

Todas as escolhas do passado

Existe algo tão maior que mostra, guia e me faz dar valor

Existe uma grande escuridão que me cerca

Onde não posso ser visto e nem seguido

Onde o ar é gelado

E foi dentro desse lugar que cresci e aprendi o que realmente importa

E nem adianta querer me machucar

O máximo que vai conseguir é arrancar um pouco de dor e sangue das feridas que ja estão abertas

Não tem mais espaços para novos ferimentos

E um dia de manhã....não vai mais ver o ultimo status

Não vai ver e nem perceber que não existo mais

Vai ficar apenas a sombra ou alguma coisa que lhe refresque o sentimento

Vai se arrepender das questões feitas por meras futilidades

A um certo tempo de tanto ficar no silêncio e fazer contas descobri o meu preço

E sei que sempre existirá alguém disposto a pagar junto comigo

Não há como ser o único

E nem ver que tem tanta veemência nisso que se diz verdadeiro

O tempo irá dizer que pra cada tempo tem seu amigo

Mas para o coração existe a eternidade

Tantos podem vir e ir

Mas só as minhas indagações ficaram presas na sua memória

Sabe quando a noite vem a madrugada

E tudo vem a tona e dor mais forte ainda aflora

Que venha ao menos prazeroso

Por que acredito que a dor da saudade e não saber que não terá nunca mais esse gosto é muito maior do que a dor de todas as limitações de hoje

Vou soluçando......mas sem olhar para trás

Carregarei as minhas devidas culpas

Mas nenhuma será por não ter vivido ou feito algo contra o que senti um dia





Facebook:https://www.facebook.com/pages/Le%C3%A3o-Pensador/614727471903089
 
Autor: Leão Pensador
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Tentando se erguer
Autor Leão Pensador
Categoria Solidão
Cadastro 30/10/2013 11:10:44
Visitado 929 vezes
Enviado 3 vezes



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.