E daí que a morte é imortal? Ilusão imune, nunca houve um rival. Não existe instância em sengundo grau. Contrariaste a natureza do mundo espiritual. O mal triunfou pois sucumbistes e destes o aval. Derivaste precocemente mesmo sem avistar o final.  Fostes como o mundo igual! Desperdiçaste a ressonância celestial.
 
Autor: 
» Ações
      

» Dados sobre o Poema
Enviado por Caio Augusto
Autor
Cadastro 06/12/2018 14:57:49
Visitado 1 vez
Enviado Nenhuma vez



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2018 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.