Amor é bicho instruído
 
 
Amor é bicho instruído
Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que escorre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.
 
Autor: Carlos Drummond de Andrade
» Ações
            

» Dados sobre o Poema
Título Amor é bicho instruído
Autor Carlos Drummond de Andrade
Visitado 66920 vezes
Enviado 173 vezes



» Enviar este Poema
 
Seu nome
Seu e-mail
Nome do Destinatário
E-mail do Destinatário
Escreva uma Mensagem
  
 

© Copyright 1998 - 2019 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.