Igual a tantas
 
 
Ao te conhecer, não imaginava o que haveria. Não sei se armou um plano, ou se foi natural. Talvez as duas coisas. Mas, me tratar como tratou, nunca tinha acontecido. O que fez na tarde daquele dia foi algo que nunca tinha acontecido. Está para sempre em meu pensar. Mas o que fez depois também. E não é sua beleza estonteante que me maltrata ( ou você pensa que eu não via os olhos incrédulos e invejosos de outros homens quando entrávamos nós aviões?). É também sua delicadeza. Pode me esquecer, pode ter me usado, pode qualquer coisa. Mas eu não te esqueço. Um beijo.
 
 

» Ações
 



» Dados sobre o Poema
Nome Zorro
Pessoas Envolvidas < Não disponível >
Cadastro 27/06/2020 11:22:07
Visitado 68 vezes
 

© Copyright 1998 - 2020 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.