Novidades 30/04/2013
 
Casa nova

Hospedado por Estado Virtual
Mais uma mudança, após alguns dias fora do ar, novamente realizamos a mudança de moradia.

Estamos hospedados em um quarto de luxo pela empresa Estado Virtual.

A recepção foi boa, e pelo porte da empresa vemos que não teremos com o que nos preocupar.

Um grande abraço a todos.

Pens@dor - WebMaster
 

Últimas 15 Histórias de Amor
 
» Venda
» @
» @
» @
» @
» @
» @
» .....
» ....
» 11912345678
» ....
» ....
» 32988515696
» ...
» 133019.5619
 

Último Pensamento
 
rose sei k vc ler....k vc e poetisa....rose si nao ficar faalndo em vc.....isso nao quer dizer...esquecimento....a
s pessoas k agente gosta...seres humanos...estam sempre com nos....ate quando nos deixam....a rose e compositora tambem....rose quando vc tiver o segundo filho...ate onde sei....coloque o nome dele CARLOS....si for um menino
 
Autor:
Enviado: .
 

 

Grandes Imortais
 
Manuel Antônio Álvares de Azevedo
(São Paulo SP, 1831 - Rio de Janeiro RJ, 1852) Cursou Letras no Imperial Colégio de D. Pedro II, no Rio de Janeiro, e em 1848 matriculou-se na Faculdade de Direito de São Paulo. Nos anos seguintes, redigiu os poemas do romance A Noite na Taverna, o drama Macário e ensaios literários sobre Bocage, George Sand e Musset. Em 1849, discursou na sessão acadêmica comemorativa do aniversário da criação dos cursos jurídicos no Brasil. Três anos depois faleceria, sem chegar a concluir a faculdade. Sua obra, que abrange também os poemas da Lira dos Vinte Anos e a prosa do Livro de Fra Gondicário, foi reunida e publicada em 1942. Álvares de Azevedo é um dos principais nomes da segunda geração do romantismo brasileiro. Seus poemas, impregnados do spleen de românticos como Byron e Musset, tratam principalmente da morte e do amor, este freqüentemente idealizado. Outro traço importante da poesia de Álvares de Azevedo, segundo o crítico Antônio Cândido, é "o gosto pelo prosaísmo e o humor, que formam a vertente para nós mais moderna do Romantismo".
 


Datas Comemorativas
 
Seg. 20/01 Dia do Farmacêutico
Seg. 20/01 Dia de Oxalá
Seg. 20/01 Dia Nacional do Fusca
Seg. 20/01 Dia da Consciência Indigena
Ter. 21/01 Dia Mundial da Religião
Sex. 24/01 Dia do Aposentado
Sex. 24/01 Dia da Previdência Social
Sex. 24/01 Dia Mundial do Hanseniano
Sáb. 25/01 Dia do Carteiro
Dom. 26/01 Dia da Gula
Seg. 27/01 Dia do orador
Seg. 27/01 Dia Internacional de Recordação do Holocausto
Ter. 28/01 Dia do Portuário
Ter. 28/01 Dia do Comércio Exterior
Qua. 29/01 Dia do Jornalista
Qui. 30/01 Dia Nacional dos Quadrinhos
Qui. 30/01 Dia da Saudade
Qui. 30/01 Dia da Não-Violência e da Paz
Sex. 31/01 Dia Mundial da Solidariedade
Sex. 31/01 Dia do Mágico
Sáb. 01/02 Dia do Publicitário
Sáb. 01/02 Dia do Eletricitário
Dom. 02/02 Dia de Iemanjá
Dom. 02/02 Dia do Agente Fiscal
 


Mural de Recados
 
 

Últimos 15 Poemas
 
» Sou o que sou
» Saudade do teu amor
» Rosangela
» Mão amiga
» MEU AMOR
» NÃO VOU MAIS
» LOUCO POR VOCÊ
» LOUCO POR VOCÊ
» SÓ NÃO VAI EMBORA
» As distâncias de um romance
» E aí
» Um amor Impossível
» Sem título
» Insignificância.
» EU TI AMO AINDA
 


© Copyright 1998 - 2020 Poemas de Amor. Todos os direitos reservados.